FUNDAÇÃO CULTURAL DO PARÁ MODERNIZA BIBLIOTECA INÁCIO PINTO DE JACUNDÁ

0

A equipe descartou livros didáticos defasados, que ocupavam as prateleiras da biblioteca e que dificilmente eram fontes de pesquisas. Após uma avaliação técnica tiveram como destino a incineração. Para substituir tais obras, a Fundação da Cultura doará mais de 1,2 livros.

A fundação Cultural do Estado do Pará (FCP), através da diretoria de Leitura e Informação, moderniza a Biblioteca Municipal Inácio Pinto da Silva, do município de Jacundá.

Uma equipe técnica do Sistema Estadual de Bibliotecas do Pará treinou os colaboradores, avaliou e reorganizou o acervo, implantou sistema de automação e destinou mais de 1,2 mil novos livros para as prateleiras da biblioteca. A ação faz parte do programa “Pará que ler”.

O serviço realizado pelas técnicas Vera Lúcia Souza, Ana Rosa Ramos e Keila Souza, abrangeu a modernização e reorganização da biblioteca municipal. “Esta ação do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas tem como objetivo incentivar a criação de novas bibliotecas e modernizar as existentes”, explica Vera Lúcia.

Em Jacundá, Keila Rosa, detalha que 14 servidores da secretaria de Cultura, Desporto e Lazer (Secult) passaram por treinamento. “Essa capacitação abrange noções básicas de manuseio dos livros e cuidados especiais”.

“Esse trabalho é necessário pela constatação de que o acervo exige uma organização mais adequada, além do descarte de obras que se encontram defasadas, periódicos em duplicidade e uma quantidade significativa de livros ultrapassados ocupando lugar nas estantes. E muitos deles poderiam causar problemas à saúde dos servidores e pesquisadores, pois detectamos agentes biológicos, excesso de umidade e outros fatores de risco”, diz Vera Lúcia.

A equipe descartou, notadamente, livros didáticos que ocupavam as prateleiras da biblioteca e que dificilmente eram fontes de pesquisas. Tais obras, após uma avaliação técnica tiveram como destino a incineração. Para substituir tais obras, a FCP doará mais de 1,2 livros.

Um relatório entregue ao secretário da Secult, professor Elias Gomes, sugere a substituição de prateleiras de madeira por estantes de aço, nova pintura no prédio e restauração do telhado. “Essa pauta será discutida com o gestor do município”, afirmou o secretário.

Biblioteca Inácio Pinto
De acordo com o servidor público e diretor do Museu de Jacundá, Leoeze Nunes, a Biblioteca Inácio Pinto da Silva, traz o nome do primeiro prefeito eleito pelo voto popular, e teve sua fundação em 1977, ainda na antiga Jacundá.

A então primeira dama Maria Beliza Gomes da Silva, falecida no dia 28 de maio de 2015, foi à primeira funcionária da biblioteca, “onde trabalhou até seus últimos dias de vida”, cita Leoeze.

 

Deixe seu comentário

Powered by keepvid themefull earn money

%d blogueiros gostam disto: