SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE BREU BRANCO EMITE NOTA, SOBRE MACACOS ENCONTRADOS MORTOS

0

Nota de Esclarecimento

A Secretaria municipal de Breu Branco através do Secretário de saúde – Josuelido Albuquerque e sub secretário – Helênio Junior, em respeito a população emitiu nessa tarde de segunda-feira, (26), nota tecnica de esclarecimento sobre o primata encontrado morto na zona rural da cidade.

O técnico e Coordenador de Vigilância Epidemiológica – Alexssandro Vieira da Silva esclareceu ainda que todas as medidas necessárias em prol do bem estar e saúde da população da região foram tomadas e tranquiliza a população em relação a possíveis doenças e ressalta que os primatas não transmitem a febre amarela, são apenas portadores.

A comunicação da Secretaria de Saúde informou ainda ao Jornal Pará Urgente, que toda a agenda de vacinação foi cumprida com êxito e orienta caso alguém não tenha tomada a vacina que procure os vários postos de saúde do município.

Quanto a causa morte dos primatas está sendo investigado, podem ser por causa natural, brigas por território, doenças naturais, velhice e outras. Deve ser esclarecido ainda que não se deve matar os animais pois os mesmos não oferecem riscos, é crime ambiental e os macacos são dispersores de sementes e fundamentais para que a floresta seja saudável.

NOTA de Esclarecimento

Devido a divulgação de notícias sobre macacos que foram encontrados na zona rural do município de Breu Branco nos últimos dias, houve a vinculação de que os referidos macacos estariam pondo em risco a saúde da população por transmitir a febre amarela e o descaso por parte das autoridades municipais.

A Secretaria Municipal de Saúde de Breu Branco vem por meio deste informar que o macaco não é transmissor e sim hospedeiro da doença, que as notícias que estão sendo vinculadas nas redes sociais são infundadas e sem embasamento científico do caso em questão.

Ações vêm sendo realizadas por esta secretaria nesse sentido  desde o ano de 2017, quando a mesma fez busca ativa de primata na zona rural de Breu Branco, na Ilha Grande de Jutaí, onde foi encontrado um primata em avançado estado de putrefação o que impossibilitou a coleta de material, porém cumpriu o que prevê o protocolo com o bloqueio vacinal da população da região (vacinação das pessoas que ainda não haviam recebido ou não poderiam comprovar que foram vacinadas para febre amarela) onde o referido primata foi encontrado.

Quanto aos últimos acontecimentos, esta Secretaria de Saúde já tinha conhecimento antes mesmo da morte do referido primata, sendo que o mesmo foi recolhido, transportado por populares e entregue ao representante da comunidade de Placas que entrou em contato com o serviço de saúde através do Secretário de Saúde Municipal que o orientou como proceder.

Quando houve a morte do primata o serviço de saúde foi acionado e através do Biólogo e do Veterinário procederam a remoção e retirada de vísceras do animal para análise no Instituto Evandro Chagas no município de Belém – Pará.

No caso de se encontrar animais em tal circunstância deve-se evitar contato direto com os mesmos, pois por ser silvestre estes podem conter uma doença desconhecida, ressalta-se também a importância de entrar em contato com o serviço de saúde municipal o mais rápido possível

Dado o exposto, a conduta foi realizada como rege o protocolo!

Por: Elyon Gomes – Pará Urgente

 

 

 

Deixe seu comentário

Powered by keepvid themefull earn money

%d blogueiros gostam disto: